Bicicleta eletrica da tembici, uma ótima opção para realizar o turismo sustentável em SP

Turismo sustentável em SP: Descubra a cidade de bike

Pensando em começar a explorar a cidade de São Paulo sobre duas rodas mas não sabe por onde começar? Além de ser uma excelente atividade para a sua saúde, pedalar também é uma boa opção de lazer e turismo sustentável, para conhecer o que a cidade tem a oferecer. 

Com isso em mente, preparamos um guia com locais espalhados pelos mais diversos cantos da capital paulista para você conhecer. Com nossas recomendações, você terá a oportunidade de variar seu percurso e conhecer pontos ainda não visitados. Confira! 

Minhocão

Quando se fala em passeio de rua em São Paulo, dificilmente o Minhocão não é lembrado. Esse é o nome popular utilizado para se referir ao Elevado Presidente João Goulart, famoso pela sua grande extensão que corta a cidade. Por essa razão, é considerado um ótimo lugar para passeios a pé, de bike, patins, skate ou patinete.

Turismo sustentável em SP,  pessoa explorando a cidade com as bikes da tembici

São quase 3 quilômetros que podem ser percorridos de forma segura e tranquila, já que aos finais de semana e feriados o Minhocão fica fechado para o trânsito de automóveis. Isso significa que, nesses dias, você pode explorar o local sem precisar se preocupar com o movimento dos carros e motos.

Nos últimos anos, o viaduto serve como um tipo de parque entre os edifícios da região central. Ele abrange os bairros da Vila Buarque, Campos Elíseos, Santa Cecília e Água Branca. Com acesso desde a rua da Consolação, o Minhocão garante a paisagem do centro paulistano em meio aos prédios de diferentes regiões, já que conecta as zonas oeste e leste da cidade.

Chegou o final de semana e está sem ideia do que fazer durante os dias de descanso? Pegue sua magrela e dê um rolê por toda a extensão do Minhocão. Você provavelmente encontrará outras pessoas correndo, caminhando ou andando de skate. Se estiver com sorte, quem sabe se depara com alguma das apresentações teatrais que sempre rolam pela via? 

Liberdade

Explorar o bairro da Liberdade de bicicleta pode ser uma boa pedida para o turismo sustentável, combinando a paixão pelo ciclismo com a rica cultura japonesa que permeia a região. Além de uma oportunidade de exercício ao ar livre, este passeio também proporciona a chance de descobrir os encantos e peculiaridades dessa parte tão especial da cidade.

Uma boa ideia para chegar até lá é percorrendo a ciclofaixa da rua Vergueiro, na Vila Mariana. Por esse trajeto, é possível conhecer o Centro Cultural São Paulo, local que conta com uma estação de bicicletas compartilhadas, e onde os ciclistas podem realizar diversas atividades.

Mais adiante, dedique um tempo para explorar a Praça da Liberdade, o coração pulsante do bairro. Lá, você encontrará opções gastronômicas, estabelecimentos comerciais e culturais, e feiras ao ar livre durante os finais de semana. 

Imagem do bairro Liberdade so SP, uma excelente opção para o turismo sustentável

Não deixe de visitar os templos e santuários presentes na Liberdade, como o Templo Busshinji, que proporcionam momentos de reflexão e tranquilidade em meio à agitação da cidade. O contraste entre a modernidade urbana e a serenidade destes locais sagrados é fascinante e vai tornar seu passeio de bike ainda mais especial e inesquecível.

Parque da Independência

Na Zona Sul da capital paulista, um dos pontos interessantes para o turismo sustentável, de bike, é o Parque da Independência, situado no tradicional bairro do Ipiranga. O parque surpreende com a beleza dos seus jardins e de suas atrações históricas, como a Casa do Grito, o Monumento da Independência e a Cripta Imperial, além, é claro, do Museu Paulista, conhecido popularmente como Museu do Ipiranga.

O Museu ficou fechado para reforma durante um período, e foi reaberto em 2022. A arquitetura grandiosa do edifício remete à história do país, adicionando um toque de cultura ao seu pedal. O local guarda importantes acervos e exposições que narram os acontecimentos marcantes da Independência do Brasil.

Quem passa por lá, tem a oportunidade de andar de bicicleta pelos seus jardins e alamedas, e conferir de perto o local onde foi dado o famoso “grito do Ipiranga”. E se você estiver acompanhado(a), que tal fazer uma pausa para um piquenique? O parque oferece áreas para desfrutar de um lanche ao ar livre, uma oportunidade e tanto para compartilhar momentos agradáveis com seu amor, amigos ou familiares. 

Avenida Jabaquara

Para quem está em busca de um percurso mais urbano, a ciclovia da Avenida Jabaquara pode ser o passeio ideal. Por lá, você vai se deparar com uma mistura bastante diversa de comércios de rua, restaurantes, faculdades, shoppings e estabelecimentos culturais. 

Os mais variados tipos de estabelecimentos ao longo da avenida proporcionam oportunidades de paradas interessantes ao longo do percurso, ao passo que o vai e vem constante de pessoas, carros e ônibus reflete muito bem a energia da cidade. Mas não há com o que se preocupar, já que pedalar pelas ciclovias e ciclofaixas permite que você desfrute do passeio sem se preocupar com o tráfego intenso da região.

Para quem deseja realizar passeios mais longos e desafiadores, a Avenida Jabaquara também representa um ponto de conexão importante, já que conecta a região com o eixo Vergueiro-Liberdade, chegando até o centro da cidade. 

Parque Villa-Lobos

Agora, se a ideia é aproveitar o tempo livre para ficar mais próximo da natureza, o segredo é escolher entre os muitos parques que estão espalhados por toda a cidade. Um dos mais frequentados pelos ciclistas é o Parque Villa-Lobos, localizado no Alto de Pinheiros.

O parque possui 732 mil metros quadrados de área verde com ciclovia, quadras, campos de futebol, playground, aparelhos para ginástica, pista de cooper, lanchonete, anfiteatro e muito mais.

Não é à toa que ele é considerado uma das principais opções de lazer ao ar livre na capital paulista, já que oferece opções para toda a família, atendendo as mais diversas preferências. Estima-se que o parque receba cerca de 20 mil pessoas aos finais de semana. 

  Para quem vai de bike, é possível percorrer o espaço exclusivo que contorna o terreno, com 3,5 km de extensão, e seguir para outros locais ao explorar a Ciclovia Rio Pinheiros, sobre a qual falaremos mais adiante. 

Por contar com um amplo espaço, o Parque Villa-Lobos é o local onde muitas pessoas dão suas primeiras pedaladas. A estrutura presente no local favorece essa procura, já que o parque conta com 3 estações para reparos emergenciais de bicicletas. Assim, se o ciclista precisar fazer uma manutenção rápida ou calibrar os pneus, é só procurar por uma delas.

Vale do Anhangabaú

O famoso Vale do Anhangabaú oferece uma atmosfera única para os ciclistas que desejam desfrutar do turismo sustentável, e tudo o que a região central da cidade tem a oferecer. O local foi inaugurado recentemente após uma grande reforma, e é rodeado por bares, museus e excelentes opções para quem deseja aprender a andar de bicicleta.

Rodeado por prédios históricos e arranha-céus contemporâneos, o local proporciona um pano de fundo fascinante para sua pedalada. O Vale do Anhangabaú também é palco de eventos culturais, festivais e atividades ao ar livre. Em um passeio por lá aos finais de semana, você pode se deparar com feiras, apresentações artísticas e eventos esportivos.

Mulheres realizando turismo sustentável com as bikes da tembici, e desbravando a cidade de SP.

Se estiver disposto, estenda seu passeio até o Viaduto do Chá e a Praça Ramos de Azevedo. Há diversas estações de metrô nessa região que contam com sistemas de bicicletas compartilhadas para quem ainda não tem uma magrela para chamar de sua.

Parque Ibirapuera

O Ibirapuera é um dos mais famosos parques de São Paulo, e é claro que não poderia ficar de fora da nossa lista de locais para prática do turismo sustentável em SP. O local tem atrações para todo tipo de público, incluindo museus, pistas de corrida, campo de futebol, playgrounds, quadras poliesportivas, lanchonetes e restaurantes. 

Para quem deseja aproveitar o local para fazer um passeio de bike, a dica é ir durante a semana ou logo cedo aos finais de semana e feriados, já que, nesses dias, o parque costuma encher e o intenso movimento tende a dificultar o  trânsito dos ciclistas. 

Parque Ibirapuera em SP, uma das melhores opções em turismo sustentável para a cidade

Há diferentes acessos para chegar até lá, como pelas avenidas Indianópolis e República do Líbano para quem prefere evitar ladeiras íngremes e subidas. Para quem busca o aluguel de bikes compartilhadas, é possível encontrá-las nas estações de metrô Praça da Árvore e Santa Cruz. 

Avenida Paulista

Com seus 2,7 quilômetros de extensão de ciclovia, a Avenida Paulista é um destino obrigatório para quem deseja explorar a cidade sobre duas rodas e praticar o turismo sustentável. 

Aos domingos e feriados, esse tradicional marco da cidade é fechado para automóveis e aberto para pedestres, favorecendo a apresentação de artistas de rua e demais tipos de atividades culturais. Isso é um prato cheio para quem gosta de visitar a região para realizar passeios mais tranquilos, sem precisar se preocupar com a agitação cotidiana dos carros, motos e ônibus.

Um dos principais cartões postais de São Paulo, a Avenida Paulista conta com fácil acesso ao transporte público e diversos espaços culturais, como o MASP, a Livraria Cultura, o Itaú Cultural, o Instituto Moreira Salles (IMS) e o Sesc, entre tantas outras opções de lazer, gastronômicas e culturais.

Garotas com bike da Tembici na Avenida Paulista

 Muitos desses locais contam com bicicletários para facilitar a visita dos ciclistas às exposições. Você também pode aproveitar o passeio para dar uma passadinha no Parque Trianon e na Casa das Rosas, excelentes opções para quem não perde a chance de estar perto da natureza. 

Ciclovia Rio Pinheiros

No dia a dia, a Ciclovia Rio Pinheiros é uma excelente opção para o turismo sustentável e para quem precisa de uma alternativa aos carros e transporte público para o deslocamento diário. Com 21,5 km de extensão, liga a estação da CPTM Villa-Lobos Jaguaré até Interlagos, funcionando diariamente das 5h30 às 19h. 

Essa é uma das ciclovias mais frequentadas da cidade, já que disponibiliza bastante espaço aos adeptos da magrela e possibilita realizar vários caminhos diferentes. Localizada em uma região plana e interligando vários bairros, a Ciclovia Rio Pinheiros tem sido essencial para a mobilidade urbana da capital paulista.

Além de ser uma ótima opção para evitar o trânsito, ela também facilita o acesso às estações de trem para quem deseja alternar o transporte – seja para poupar energias, seja porque a ciclovia não vai até o destino esperado.

Imagem aerea da marinal pinheiros

Ao longo da ciclovia, há pontos de apoio com banheiros, bebedouro e atendimento. Para quem passa por lá, a dica é ficar atento às capivaras e aos carros autorizados que circulam com velocidade reduzida.

Parque do Carmo

Ampliando as opções para os ciclistas que buscam o turismo sustentável, e a natureza em meio à agitação da metrópole, sugerimos também o Parque do Carmo – uma das poucas áreas verdes remanescentes na Zona Leste de São Paulo.

Com 1,5 milhão de metros quadrados, o local conta com flora e fauna ricas e diversificadas, características da Mata Atlântica. Há pistas de atletismo, cooper, campo de futebol, trilha ecológica, área para piqueniques, lanchonete, playground, anfiteatro ao ar livre, museu de ecologia e, é claro, ciclovia.

Esse é um dos pontos mais visitados pelos ciclistas que moram na região. Sua ciclovia possui 8 km de extensão, com alguns trechos planos e outros com declive, que percorrem um bosque repleto de eucaliptos e cerejeiras.

Avenida Brigadeiro Faria Lima

Retornando para as regiões mais agitadas, outra opção para o turismo sustentável é a Avenida Brigadeiro Faria Lima, que possui ótima estrutura para os ciclistas e uma enorme concentração de pontos de retirada e devolução de bicicletas compartilhadas.

Imagem aerea de outra excelente opção para o turismo sustentável em SP, a avenida Brigadeiro Faria Lima

São cerca de 2 km de ciclovia nessa avenida, que dá acesso a diversos pontos importantes da cidade, como o Largo da Batata, a Rua dos Pinheiros, o Museu da Casa Brasileira, o Museu do Objeto Brasileiro e o Instituto Tomie Ohtake.

Há diversos pontos bacanas para realizar paradas durante todo o trajeto, como barzinhos, restaurantes e docerias. Realizar um passeio de bike por essa região é uma oportunidade e tanto para explorar um pouco do melhor que São Paulo tem a oferecer,

Parque do Povo

Originalmente chamado de Parque Mário Pimenta Camargo e localizado no Itaim Bibi, o Parque do Povo é reconhecido como um espaço ideal para realizar passeios com a família aos finais de semana.

Para quem vai de bike, é possível chegar ao Parque pela ciclopassarela conectada à Ciclovia Rio Pinheiros ou pelas proximidades da estação Cidade Jardim, da linha Esmeralda da CPTM.

Além das quadras, campo de futebol e aparelhos de ginástica, o Parque do Povo também conta com um Jardim Sensitivo, resultado de um projeto educativo e ambiental desenvolvido em formato de labirinto, com plantas ornamentais e medicinais que estimulam a visão, o tato e o olfato.

Os visitantes do local podem tocar, cheirar e até morder as folhas de plantas como mostarda, coentro, cheiro-verde, cebolinha e manjericão, entre outras.

Parque Burle Marx: Oásis de Natureza Urbana

O Parque Burle Marx está situado na zona oeste de São Paulo, próximo ao bairro de Panamby. Sua localização privilegiada proporciona um refúgio tranquilo em meio à agitação da cidade.

Este parque encanta os visitantes com seus jardins paisagísticos exuberantes, trilhas sinuosas e lagos serenos. Sua diversidade botânica, com uma vasta coleção de espécies vegetais nativas e exóticas, oferece uma experiência única de imersão na natureza.

O Parque Burle Marx conta com uma infraestrutura completa para receber os visitantes, incluindo trilhas para caminhada, áreas para piquenique, playgrounds e espaços para contemplação. Além disso, o parque é acessível por transporte público e possui estacionamento para quem chega de carro.

Utilizar uma bicicleta para explorar o Parque Burle Marx é uma escolha ideal por vários motivos. Primeiro, as ciclovias proporcionam uma forma sustentável e saudável de locomoção, reduzindo a emissão de poluentes e congestionamentos. Além disso, de bicicleta, os visitantes podem percorrer o parque de forma ágil, explorando seus recantos mais remotos e desfrutando de vistas panorâmicas ao longo do caminho.

Sem bike própria? Conte com a Tembici!

Se você gostou da ideia de explorar a cidade sobre os pedais mas ainda não tem sua própria bicicleta, a melhor solução pode ser o aluguel de bikes compartilhadas. 

Você sempre pode contar com a Tembici para desbravar novos caminhos sobre duas rodas! Com o aluguel das nossas bikes, você tem a oportunidade perfeita para se locomover por São Paulo e diversas outras capitais brasileiras.

Para aproveitar essas vantagens, é só fazer o download do app no Google Play ou na App Store, escolher o plano que mais se adequa às suas necessidades e ao seu estilo de vida, começar a usar e escolher sua próxima aventura!  

Comece a pedalar em São Paulo!

Em São Paulo, a Tembici oferece uma solução eficaz para driblar o trânsito caótico e os longos trajetos nos horários de pico: o aluguel de bike Itaú. Com cerca de 330 estações espalhadas pela metrópole, encontrar uma bicicleta próxima ao seu destino nunca foi tão fácil. Essa alternativa não apenas otimiza seu tempo de deslocamento, mas também contribui para um estilo de vida mais saudável e sustentável, alinhado com as necessidades da vida urbana agitada.

Utilizando o aplicativo, os usuários têm à disposição um mapa detalhado para localizar as estações de bicicletas, facilitando o planejamento de rotas e a retirada das bikes. A experiência de alugar uma bicicleta em São Paulo pelo sistema Itaú se torna prática e interativa, permitindo aos paulistanos e visitantes uma nova forma de explorar a cidade, evitando congestionamentos e contribuindo para a redução da poluição. Essa iniciativa reflete o compromisso da Tembici com a mobilidade urbana inteligente e o bem-estar dos cidadãos.

De bike, São Paulo fica mais perto de você. Experimente uma nova forma de ir e vir com o Bike Itaú.


Posts Similares