bicicletario com bikes da Tembici
|

Descubra o que fazer no Rio de Janeiro no inverno

Se você está se planejando para visitar a cidade maravilhosa nos dias com temperaturas mais baixas, é importante fazer um roteiro diferente. Na ausência do sol e do calor, muitos se perguntam o que fazer no Rio de Janeiro no inverno. Por isso separamos dicas especiais para melhorar e facilitar sua viagem!

Antes de pensar nos passeios de inverno, lembre-se de que o roteiro da viagem deve se adaptar a partir da localização da hospedagem e dos tipos de transportes utilizados durante a estadia. Então, para saber o que fazer no Rio de Janeiro no inverno, basta continuar a leitura e anotar no seu planejamento!

O que fazer no Rio de Janeiro Durante o Inverno

Durante o inverno, o Rio de Janeiro oferece diversas atrações culturais e gastronômicas. Visitar os museus da cidade, como o Museu do Amanhã e o Museu de Arte Moderna, é uma excelente maneira de conhecer a história e a cultura locais, enquanto se protege do frio. Essas instituições oferecem exposições fascinantes e, em alguns casos, entrada gratuita em dias específicos.

Outra atividade imperdível é o tour gastronômico pelos restaurantes e cafés acolhedores do Rio. Locais como a Confeitaria Colombo e o Terra Brasilis são perfeitos para saborear delícias que aquecem o corpo, enquanto se aprecia uma vista incrível da cidade. Aproveite para explorar cardápios variados que agradam a todos os gostos e descubra novas experiências culinárias.

banner da Campanha Planeta Tembici com slogan "Pedalar transforma sua vida e faz bem para o planeta!"
bicicletario com bikes da Tembici

Leia também: Ciclovia no Rio de Janeiro: dicas de passeio pela cidade

#4 Visitar museus pela cidade

Se você gosta de visitar outros locais além dos pontos turísticos mais conhecidos, os museus podem ser uma ótima opção de passeio. Essa atividade é ideal para quem quer conhecer a história da cidade e ter contato com a cultura da região.

Um dos mais conhecidos é o Museu do Amanhã. Com relação ao próprio nome, o local é voltado para a ciência e as possibilidades do futuro. Por isso, até mesmo a arquitetura se destaca com uma aparência futurística. Nele, os visitantes são estimulados a pensar no passado, nas tendências atuais e no que pode acontecer nos próximos 50 anos.

O melhor desse museu é a visitação ser gratuita às terças-feiras. Como há um controle interno para o limite de pessoas, é importante chegar cedo. Para ter mais agilidade, você também pode optar por utilizar uma bike Tembici, disponível nas proximidades, e pedalar no frio para se esquentar no caminho. Assim, você garante a visitação e pode conhecer outros locais culturais como:

  • Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – MAM;
  • Museu Nacional de Belas Artes;
  • Museu da República;
  • Museu de Arte do Rio – MAR;
  • Museu Aeroespacial;
  • Museu da Seleção Brasileira;
  • Casa Roberto Marinho;
  • Instituto Moreira Salles.
museu rio de janeiro

#3 Fazer um tour gastronômico

Um dos passeios no frio mais procurados são as idas a restaurantes, cafeterias e bares. Afinal, não há nada melhor que estar em um local longe do vento gelado e aconchegante, que oferece bebidas que aquecem o corpo nos dias de inverno, como um café ou um chocolate quente.

Para isso, a dica é conhecer os locais que apresentam cardápios com preços variados e opções de comidas para todos os gostos. No café da manhã, por exemplo, as indicações são a Confeitaria Colombo e o Mirante da Floresta.

Por ser bastante procurado pelos turistas, o primeiro costuma ter longas filas, mas elas são compensadas pela qualidade das comidas. Já o segundo é menos requisitado e conta com a vantagem de um buffet com sabores caseiros que permite repetição. No caso do Mirante, é preciso fazer uma reserva.

No almoço e no jantar, há diversas opções próximas a pontos turísticos com uma vista privilegiada. Uma delas é o Terra Brasilis, localizado no bairro da Urca, com vista para o Pão de Açúcar e a Praia Vermelha. Nesse restaurante, os pratos individuais chegam a servir duas pessoas pelo tamanho maior que o convencional.

#2 Viajar para Petrópolis

Para quem já conhece a cidade, a dúvida sobre o que fazer no Rio de Janeiro no inverno leva a outras regiões menos turísticas, como Petrópolis. Considerada um dos destinos ideais para a temporada de frio, a cidade apresenta temperaturas mais baixas, devido à presença de montanhas ao redor.

Assim, para se manter aquecido, os casais de passagem podem aproveitar momentos mais reservados em restaurantes com lareiras ou em passeios em locais fechados. As comidas típicas do inverno, que são as mais pedidas por quem visita o local, são caldos, fondues doces e salgados, e chocolates quentes.

Além dos restaurantes, os lugares para passear no frio incluem um passeio de charrete no Centro Histórico e a ida a instalações históricas. Dentre elas, estão o Museu Imperial, que representa a história do período colonial, e o Palácio de Cristal que, apesar de não ser feito desse material, possui uma estrutura transparente perfeita para fotografias.

quitandinha localizada em Petrópolis rj

#1 Conhecer os pontos turísticos fechados

Mais uma opção para quem não sabe o que fazer no Rio de Janeiro no inverno é visitar pontos turísticos fechados. A maioria deles é voltado para a cultura e a história, então se prepare para, no mínimo, uma hora de observação e apreciação do local.

A primeira indicação é a Biblioteca Nacional, que possui visitação guiada gratuita de segunda a sexta-feira. Os visitantes têm a oportunidade de conhecer a arquitetura do prédio inaugurado em 1910 e obras gerais da época.

A segunda indicação, também semelhante, é o Real Gabinete Português de Leitura. As pessoas que adoram ler vão amar as paredes que levam livros até o alto, com uma vasta variedade de títulos de diversas épocas.

Real Gabinete Português de Leitura no Rio de Janeiro

Como chegar aos pontos turísticos?

Se você já sabe o que fazer no Rio de Janeiro, uma opção de transporte ágil, que facilita a acessibilidade, é a bike Tembici. Disponíveis em diversas regiões da cidade, há opções tradicionais e elétricas com valores que cabem no seu bolso. Com poucos cliques, você se cadastra, seleciona um plano e utiliza a bike!

O Rio de Janeiro no inverno revela uma faceta encantadora e culturalmente rica. Aproveitar os museus e deleitar-se com a gastronomia local são experiências que aquecem o corpo e a alma, proporcionando uma visão única da cidade.

Independentemente do clima, o Rio de Janeiro oferece opções para todos os gostos. Planeje sua visita com essas dicas e aproveite ao máximo a cidade maravilhosa em qualquer estação do ano.

Comece a pedalar no Rio de Janeiro!


No Rio de Janeiro, a Tembici oferece uma alternativa encantadora ao trânsito intenso: o aluguel de bike Itaú. Esta opção não apenas promove um deslocamento prático e agradável pelas paisagens urbanas e costeiras, mas também se alinha perfeitamente com o estilo de vida carioca, valorizando o bem-estar e a liberdade. Com mais de 390 estações disponíveis, acessar uma bicicleta torna-se conveniente, permitindo que você escolha rotas mais eficientes e desfrute de uma experiência única, redescobrindo a cidade de uma forma mais saudável e sustentável.

O uso do aplicativo facilita ainda mais essa jornada, permitindo localizar estações próximas com facilidade e gerenciar o tempo de uso, garantindo que sua viagem seja não apenas prazerosa, mas também eficiente. Pedalar no Rio se transforma em uma aventura urbana, onde cada pedalada oferece uma nova perspectiva dos icônicos cartões-postais e da vibrante vida cultural. Optar pelo aluguel de bike Itaú é abraçar uma alternativa que combina praticidade, economia e a chance de vivenciar o Rio de Janeiro de uma maneira extraordinária.

De bike, Rio de Janeiro fica mais perto de você. Experimente uma nova forma de ir e vir com o Bike Itaú.


Posts Similares