imagem da placa informartiva da avenida paulista,e alguns edifícios ao fundo

10 Coisas que você precisa fazer na Avenida Paulista

Uma das avenidas brasileiras mais famosas é a Avenida Paulista, com mais de 130 anos. Viva, pulsante, diversa e em constante transformação, ela representa com fidelidade a cidade de São Paulo. Uma simples caminhada por toda a extensão da avenida rende um passeio riquíssimo e experiências para guardar para sempre na memória.

Se você está visitando São Paulo e não sabe muito bem o que fazer, visitar a Paulista é um excelente ponto de partida. E, se você mora na cidade e nunca parou para explorar a região, que tal fazer isso agora?

Na Avenida Paulista e em seus arredores, você encontrará uma enorme variedade de museus, espaços artísticos, lugares para compras, restaurantes, cafeterias e expressões culturais das mais diversas. É por isso que, quem visita a Paulista, dificilmente se entedia. 

Para te ajudar a explorar a mais agitada avenida de São Paulo, preparamos este artigo, com 10 dicas de coisas que você precisa fazer ao passar por lá. Vem com a gente!

10. Veja a Avenida Paulista do alto pelo Mirante do Sesc

Começar seu passeio com uma vista panorâmica da Paulista pode ser um bom ponto de partida. Lá do alto do mirante do Sesc da Avenida Paulista, os visitantes conseguem ter uma boa noção da grandeza da avenida e de tudo o que os espera. 

paisem do mirante do Sesc da Avenida Paulista

O local é especialmente disputado em dias de céu limpo e durante o pôr do sol. Ao subir no mirante, aproveite para tomar um café na comedoria do Sesc e quem sabe até fazer uma refeição ou degustar um bom vinho diante da paisagem urbana. 

O Sesc da Avenida Paulista fica no número 119, e seu mirante recebe visitas de terça a sexta-feira, das 10h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados das 10h às 14h. A entrada é franca, mas é preciso fazer agendamento prévio pelo app Credencial Sesc SP. Acesse o site para saber mais.

9. Não perca a chance de ir ao MASP na Avenida Paulista

O Museu de Arte de São Paulo (MASP) é, sem dúvidas, uma das principais atrações, não só da Avenida Paulista como da cidade de São Paulo como um todo. Sendo assim, é claro que não poderia ficar de fora da nossa lista. 

Para tirar o melhor proveito da sua visita no MASP, vale a pena reservar um dia só para isso. O museu foi inaugurado em 1968, e a fachada e o vão livre foram projetados pela arquiteta Lina Bo Bardi, configurando um espetáculo por si só.

O MASP oferece um acervo com mais de 8 mil peças para exposição, considerado atualmente um dos mais importantes do país e capaz de conquistar todo tipo de fã de obras de arte. Entre as obras presentes, destacam-se nomes como Cândido Portinari, Di Cavalcanti, Anita Malfatti, Rafael Botticelli, Delacroix, Renoir, Manet, Monet, Degas, Cézanne, Picasso, Van Gogh e Matisse, entre muitos outros. 

imagem de uma das vistas da avenida paulista

O Museu fica no número 1578 da Avenida Paulista, e funciona de terça-feira das 10h às 20h, e de quarta a domingo das 10h às 18h. Alguns grupos podem ter acesso à entrada franca em alguns dias específicos. Consulte o site do MASP para saber mais.

8. Passe algumas horas na Livraria Cultura

Opções de atividades culturais são o que não faltam para quem visita a Avenida Paulista. Se você curte esse tipo de programação, vale a pena visitar a livraria Cultura do Conjunto Nacional – que, recentemente, se livrou de ser fechada em função de uma decisão que decretava sua falência. 

Essa é uma das poucas grandes lojas físicas remanescentes do setor dedicado à literatura, arte e cultura. Se você é do tipo de leitor que gosta de folhear o livro antes de comprar, que busca inspiração nas prateleiras ou quer apenas relaxar lendo algumas páginas, a Cultura é o seu lugar. Vale a pena sentar na cafeteria presente no lugar para fazer uma refeição ou tomar um café.

Ela ocupa um espaço de 4.300 m² dentro do Conjunto Nacional, distribuídos por três pisos. Além dos livros, as prateleiras também reúnem CDs, DVDs, gibis, vinis raros, alguns itens de papelaria e acessórios para eletrônicos. Leitores de todos os gêneros e idades passam horas nos pufes coloridos distribuídos pela loja folheando alguma novidade. No fim das contas, é difícil sair dali sem levar nada consigo.

A Livraria Cultura fica no número 2073 da Avenida Paulista, e funciona de segunda a sábado, das 9h às 22h, e aos domingos e feriados, das 13h às 20h.

7. Faça um passeio na Casa das Rosas

Quem visita à Casa das Rosas mal consegue acreditar que um lugar como esse possa resistir em meio à Avenida Paulista. Com seus jardins recheados de rosas e sua construção datada de 1935, o local é de uma época em que a avenida ainda era dominada por mansões dos barões do café. 

Imagem do ponto turístico de SP, Casa das Rosas

Por ter sido salva da demolição e restaurada, a Casa das Rosas é uma verdadeira exceção à regra. Isso faz desse lugar um verdadeiro deleite para quem busca um descanso visual das mega construções que rodeiam a região. Talvez você até se esqueça de que está em uma das partes mais agitadas de São Paulo.

Ao visitar o local, você terá a oportunidade de curtir o espaço verde e a elegante arquitetura do lugar, além de também ter acesso a uma programação cultural inspiradora, especialmente dedicada à poesia e à literatura. Para acompanhar, que tal um bom café debaixo da sombra das árvores? Sente-se em uma das mesas e aproveite a calmaria proporcionada pelo ambiente!

A Casa das Rosas fica no número 37 da Avenida Paulista, e funciona de terça-feira a domingo – sendo que o jardim é aberto para visitação das 7h às 22, e o museu das 10h às 18h. A entrada é gratuita. Confira a programação completa no site.

6. Aproveite para visitar o Japan House

Uma das mais recentes inaugurações da Avenida Paulista, a Japan House São Paulo faz parte de um projeto criado pelo governo japonês para difundir a cultura do país. Desde a sua inauguração em 2017, a instituição já promoveu dezenas de exposições sobre arquitetura, tecnologia, gastronomia, arte, moda e cultura pop – sempre mantendo o enfoque nas referências nipônicas.

A fachada, por si só, já é uma bela obra de arte, projetada pelo arquiteto Kengo Kuma. O local também conta com lojas, um café e um restaurante, e a entrada é gratuita. Nossa dica é para que você inclua a Japan House em seu roteiro turístico e visite o lugar sem pressa.

Apesar das exposições não serem muito grandes, o ambiente é tão convidativo que é difícil não querer passar umas horinhas por ali. Aproveite para diminuir o ritmo.

A Japan House fica no número 52 da Paulista, e funciona de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados das 10h às 19h. Confira a programação no site oficial.

5. Aprecie o acervo do Instituto Moreira Salles na Avenida Paulista

Dando continuidade ao circuito cultural que a Avenida Paulista proporciona, outra opção que vale a pena colocar em sua lista é uma visita ao Instituto Moreira Salles (IMS), que conta com mais de 1.200 m² distribuídos em 9 andares, funcionando como um centro cultural vertical. 

O IMS conta com exposições, um cineteatro, uma biblioteca de fotografia, salas de aula, uma livraria e um café-restaurante. Ele fica localizado na ponta da avenida, e possui um vão livre em sua estrutura que permite ver a Paulista do alto. Assim, além da cultura, também oferece um belo cenário para fotos. 

Seu acervo é dedicado especialmente à fotografia e às exposições – permanentes e itinerantes – são de acesso gratuito. No cinema, os ingressos para as sessões são vencidos na recepção do IMS e através do site ingresso.com.  

O Instituto Moreira Salles fica no número 2424 da avenida, e funciona de terça a domingo, das 10h às 20h, incluindo feriados. Acesse o site e confira a programação completa.

4. Explore as opções do Centro Cultural Fiesp da Avenida Paulista

Outro complexo cultural de peso presente na Avenida Paulista é a sede da Fiesp, composta pelo Teatro do Sesi-SP e diversos espaços onde são realizados shows, oficinas, workshops, palestras e exposições ao longo de todo o ano. Há também uma livraria, uma cafeteria e um belíssimo jardim assinado por Roberto Burle Marx.

A programação do local é bastante variada, ocupando os mais diversos espaços, como a galeria de arte, o teatro e o mezanino. Ao andar pela Paulista, fique atento à fachada do edifício, que possui iluminação especial e projeta diferentes imagens para os pedestres que percorrem a região, promovendo, assim, um espetáculo à parte. 

As exposições itinerantes e os espetáculos de teatro, música e dança realizados na Fiesp geralmente têm entrada franca, assim como os shows que acontecem no mezanino. No entanto, como os ingressos são bastante disputados, devem ser retirados com antecedência na bilheteria. Confira a programação no site.

O Centro Cultural Fiesp fica na Avenida Paulista, 1313, e possui horário de funcionamento variado, de acordo com as atrações disponíveis. 

3. Encontre um refúgio no Parque Trianon

No centro da Paulista e bem em frente ao MASP, está localizado o  Parque Tenente Siqueira Campos, ou simplesmente Parque Trianon, um verdadeiro oásis verde em meio ao concreto da metrópole. 

O local foi inaugurado em 1892, e, além das árvores centenárias remanescentes da Mata Atlântica, também conta com um acervo de obras de arte, como as esculturas de Victor Brecheret.

Esse é um dos parques centrais mais pesquisados da cidade, acumulando quase 50 mil m² de Mata Atlântica original. Com mais de 100 anos de história, esse refúgio verde oferece um descanso em meio aos arranha-céus e ao movimento frenético que fazem parte da marca registrada da Avenida Paulista. 

O Parque Trianon é aberto diariamente, das 6h às 18h. Saiba mais na página dedicada a ele no site da prefeitura de São Paulo.

2. Conheça a diversidade de opções do Itaú Cultural

Para finalizar nossa lista de recomendações culturais que você deve desfrutar na Avenida Paulista, não poderia faltar o Itaú Cultural. O espaço reúne eventos gratuitos de música, teatro, dança, literatura, artes visuais e tecnologia, sendo, portanto, um prato cheio para quem não abre mão de uma dose extra de cultura e arte.

O Itaú Cultural apresenta um acervo riquíssimo, dedicado especialmente à história do Brasil. O destaque fica por conta das coleções Brasiliana e Numismática, que narram a história do nosso país de maneira leve e interessante, através de moedas, documentos, mapas, gravuras, pinturas, manuscritos de literatura e outros objetos de arte.

Além das exposições permanentes, o lugar conta também com exposições temporárias – por isso, vale a pena ficar de olho na agenda da instituição para não perder nenhuma novidade que possa te interessar.

A escadaria do local é uma obra de arte por si só, rodeada de desenhos de plantas e animais que compõem a flora e a fauna brasileira. Aproveite para tirar uma foto e registrar para sempre a sua visita! 

O Itaú Cultural fica na Avenida Paulista, 149, e funciona de quarta a sábado, das 11h às 20h, e aos domingos das 11h às 19h. Como os eventos são gratuitos, é preciso pegar os ingressos com pelo menos meia hora de antecedência na bilheteria. Veja a programação no site oficial

1. Aproveite a ciclovia para pedalar

Uma das melhores formas de explorar a enorme diversidade da Avenida Paulista é percorrê-la de ponta a ponta. Assim, é possível tirar proveito de tudo o que ela tem a oferecer. Até mesmo porque tem muita coisa acontecendo nas ruas e calçadas, fazendo com que não seja necessário adentrar nos edifícios que circundam a região para ter experiências memoráveis. 

De segunda a sábado, a Avenida Paulista costuma ter um movimento bastante intenso, e o trânsito pode ser um tanto quanto caótico. Por isso, talvez seja melhor deixar o passeio de bike para o domingo, quando a via fica fechada para automóveis. 

Aos domingos, a Paulista se torna um lugar ainda mais especial, com suas ruas largas recebendo milhares de moradores e turistas que aproveitam o espaço para caminhar, andar de bike, patinete, skate e patins, assistir a apresentações ao ar livre, fazer compras nas feirinhas e dos vendedores ambulantes e visitar os espaços culturais.

Pessoas com bike da Tembici pedalando pela Avenida Paulista, em um domingo, onde a via é fechada para atividades de lazer

Apesar da avenida contar com uma ciclovia apropriada, pedalar aos domingos é a indicação para quem gostaria de explorar a avenida tranquilamente, sem precisar se preocupar com o movimento dos carros a sua volta.

A ciclovia permite andar de bike ou patinete elétrico, disponíveis para aluguel em algumas estações dispostas ao longo da avenida. Essa é uma ótima ideia para se divertir e, de quebra, praticar um pouco de exercício físico. 

Conte com a TemBici

Se explorar a cidade de uma maneira diferente é uma ideia que lhe atrai, conte com a Tembici! Nosso serviço de aluguel de bikes compartilhadas foi desenvolvido para quem gostaria de uma companheira fiel para realizar seus trajetos.

Com o aluguel das nossas bikes, você tem a oportunidade perfeita para se locomover e desbravar não apenas a Avenida Paulista, como toda a cidade de São Paulo.

Para aproveitar essas vantagens, é só fazer o download do app no Google Play ou na App Store, escolher o plano que mais se adequa às suas necessidades e ao seu estilo de vida, começar a usar e escolher sua próxima aventura!  

Comece a pedalar em São Paulo!

Em São Paulo, a Tembici oferece uma solução eficaz para driblar o trânsito caótico e os longos trajetos nos horários de pico: o aluguel de bike Itaú. Com cerca de 330 estações espalhadas pela metrópole, encontrar uma bicicleta próxima ao seu destino nunca foi tão fácil. Essa alternativa não apenas otimiza seu tempo de deslocamento, mas também contribui para um estilo de vida mais saudável e sustentável, alinhado com as necessidades da vida urbana agitada.

Utilizando o aplicativo, os usuários têm à disposição um mapa detalhado para localizar as estações de bicicletas, facilitando o planejamento de rotas e a retirada das bikes. A experiência de alugar uma bicicleta em São Paulo pelo sistema Itaú se torna prática e interativa, permitindo aos paulistanos e visitantes uma nova forma de explorar a cidade, evitando congestionamentos e contribuindo para a redução da poluição. Essa iniciativa reflete o compromisso da Tembici com a mobilidade urbana inteligente e o bem-estar dos cidadãos.

De bike, São Paulo fica mais perto de você. Experimente uma nova forma de ir e vir com o Bike Itaú.


Posts Similares